Como semear / plantar melancias

 

Nada mais fresco que uma boa melancia!

 

Não há nada melhor do que um bom pedaço de melancia quando no termómetro a temperatura aumenta e apetece comer algo leve e fresco. Devido ao seu alto teor de água, a melancia é a escolha perfeita. Também é saborosa e leve, tem poucas calorias e efeitos de purificação. Sem dúvida, há muitas razões para consumi-la… e muito mais para a cultivar na horta de nossa casa.

 

História

A melancia pertence à família cucurbitaceae e seu nome científico é Citrullus lanatus. É uma planta herbácea anual cuja origem remonta à África, precisamente ao deserto de Kalahari, onde sempre cresceu selvagem. No entanto, foi nas margens do rio Nilo, onde o cultivo da fruta se expandiu para chegar ao Mar Mediterrâneo e comercializado em países como Itália, Grécia, Espanha e Portugal.

Existem várias variedades de melancias umas com sementes, outras sem sementes. Normalmente a melancia sem sementes tem a casca listada.

 

 

Plantio

Por se tratar de uma fruta tropical, a melancia cresce a uma temperatura ideais entre 23º C e 28º C. Apesar de tolerar temperaturas mais baixas, nunca deve exceder 11ºC, pois então o desenvolvimento e crescimento pára. É por isso que a melhor época para o plantio é após a temporada de geada. A primavera é a época ideal para semear.

Para ter uma boa colheita de melancias você deve saber que é uma cultura pouco exigente, cresce melhor em solos bem drenados e ricos em matéria orgânica. No momento da semeadura, pense na distância entre as plantas, você deve respeitar uma distância de 1,5m de diâmetro entra cada planta. Se você semear as sementes em espaços individuais, como um vaso ou uma mesa de cultivo, certifique-se de que você tem espaço suficiente para as raízes crescerem. Antes de plantar ou semear as plantas, é recomendável fresar ou cavar bem a terra e adicionar bastante fertilizante orgânico ao solo.

Como semear as sementes? Para evitar que uma ou outra semente não germine, recomendo que no espaço de cada planta faca 2 buracos de 2 cm e coloque 1 semente em cada. Se germinarem as duas elimine a mais fraca posteriormente para que a mais forte cresça ainda mais vigorante.

 

Como plantar? Respeitando o espaço acima sugerido entre plantas, coloque uma planta por cada buraco e certifique-se que a terra fica bem apertada junto do pé da melancia.

 

 

A rega

Ao cultivar as melancias, preste atenção ao florescimento, porque quando as plantas florescem elas têm que ser regadas a cada 3 dias se você notar que elas estão secas. As flores indicam que a partir desse momento as malâncias precisam de menos água.

 

 

Pragas e doenças

Como outras cucurbitáceas, os grandes inimigos do cultivo da melancia são:

  • Oídio (Sphaerotheca fuliginea) Esta doença é causada pelo fungo Oidium sp. A parte aérea da planta apresenta-se coberta por um pó branco na superfície das folhas  que vai cobrindo toda a parte vegetativa chegando a atingir a totalidade da folha, talos e pecíolo. As primeiras folhas a apresentar sintomas são as mais velhas, que secam da extremidade do limbo para o centro. A doença é favorecida por temperaturas à volta de 26ºC e humidade relativa de 70%.
  • Alternaria (Alternaria cucumerina) Este fungo ataca principalmente as folhas mais velhas da planta, provocando o aparecimento de pequenas manchas castanhas escuras. Esta doença ocorre com maior frequência com temperaturas acima de 25ºC e orvalhadas ou quando a rega é por aspersão.
  • Antracnose (Colletotrichum orbiculare) A antracnose é causada pelo fungo Colletotrichum orbiculare. Na melancia as manchas são irregulares e aparecem em primeiro lugar nas folhas, junto às nervuras secundárias, apresentando no início uma cor clara que depois vai escurecendo com contorno acentuado. Quando o ataque é intenso, as plantas ficam com aspecto queimado. Os sintomas nos frutos são pequenas depressões, que podem atingir até 1 cm de diâmetro. As temperaturas e humidades elevadas favorecem o desenvolvimento desta doença.
  • Fusariose vascular (Fusarium oxysporum) Nas jovens plantas causa a podridão das raízes. Nas plantas adultas observa-se clorose e murchidão que começa pelas folhas da base, progride, atinge a planta inteira, levando-a à morte. Nos caules pode observar-se a formação de gotas de goma. Os sintomas são mais severos durante os dias quentes de verão. Não existe substância activa homologada para esta finalidade. A luta cultural aconselha eliminar as plantas doentes, alternar a parcela da cultura e utilizarsementes sãs.
  • Para além das mencionadas também afectam as culturas das melancias: a mosca branca, ácaros, lagartas, afídeos e larvas mineiras.

Mais informação:  melancia-1.pdf (4 descarregamentos)

 

 

Poda

Evite ervas daninhas durante todo o processo. Você pode colocar palha, caruma (folha de pinheiro) ou uma tela de polietileno no chão para evitar que cresçam. Mesmo assim, eles vão crescer com frequência, então você deve removê-las das suas plantas.

 

 

A colheita

O ciclo de cultivo das melancias dura de 90 a 150 dias e a colheita deve ser feita quando as melancias estiverem maduras, ou seja, quando soarem vazias quando batidas com os dedos.

Outra bom indicativo de que estão prontas para a colheita é raspar a pele com as unhas. Se se separar imediatamente, é hora de colher o fruto.

 

 

Cuidados essenciais

Está determinado a produzir melancias na sua horta? Bem, anote estas dicas de boas práticas:

– O acolchoamento (colocação de palha, caruma (folha de pinheiro) ou uma tela de polietileno para proteger as plantas) é altamente recomendado não apenas para evitar ervas daninhas, mas para melhorar o habitat da planta porque a temperatura do solo aumenta e a evaporação da água do solo diminui, aumenta a concentração de CO2 no solo e aumenta a qualidade da fruta.

– Observe os botões conforme nascem e tenha em mente que as sementes devem germinar após aproximadamente 10 dias.

 

Ainda tem dúvidas sobre o cultivo e tratamento da melância?

Vá até ao nosso forum e coloque as suas dúvidas e contribua com os seus conhecimentos: https://www.semeareplantar.com/forum/t/cultivo-e-tecnicas/

 

1 vote

Comments

comments